espaço virtual de experiências de criação livre de imagens e poesia
espace virtuel d'expériences de création libre d'images et de poésie
virtual space experiments creation free of images and poetry


sexta-feira, 28 de dezembro de 2007

no sorriso brilhante das esfinges



Espera Incorruptível

espuma eterna das estrelas
visível por entre os ramos nus do inverno

a luz chegou hoje ao fim da tarde
para se apagar no desespero das auroras
manchadas de noturnos por mãos dementes
em acordes lascivos de véus dilacerados

morrendo-se em inadiáveis silêncios iluminados

afogada nos dias sem fulgor
percorrendo as sendas dos centauros
e o sorriso opaco das esfinges

eterna a feroz dor dos desacordes

e-ko
t.al.mat


13 comentários:

Gi disse...

Também eu saio com um sorriso brilhante. Iluminado pelas imagens, pelas palavras e pelos sons. Aqui não há desacordes. A harmonia é perfeita neste canto transformado em pó de estrelas. Canto mágico. Só pode!

Um beijo

e-ko disse...

és um doce Gi... gosto muito da forma como olhas! um olhar sorridente, mágico... és uma fada da beleza.

beijo

Anónimo disse...

quem dera....



saber assim....


fascínio

fascínio


fascínio.



é o que sinto.....é o que venho aqui buscar e encontrar. sempre.


comovida.


muito.


saio. rasada de água.



Obrigada.


tanto.


Beijo.




.piano.

isabel c. disse...

querida eko, desejo-te um óptimo réveillon e um excelente ano de 2008.

sem a dor dos desacordes.

beijo grande.

Spectrum disse...

As tuas imagens são fabulosas, mas as tuas palavras são subllimes.
Beijos

LB disse...

Belas imagens (as propriamente ditas e as palavras!), como sempre aqui...

Abraço

Anónimo disse...

olá "esfingica"-....(algures tem um acento...mas não me apetece pôr)....


prontos....ESFÍNGICA!!!!



hum hum hum...
.piano.

isabel mendes ferreira disse...

tch thc e agora?


vou levar uma tempestade de ira????


:)

bom hoje é dia de reis (raínhas) e só agora o piano está "concertado".


beijos.

e posso ter um sorriso?

Anónimo disse...

é!!!!


tb vais "bater-me" por não por o nome????:)



sorry.


encontrei-o na net levei e varreu-se-me (até o dizeres) o nome..


obrigada.





.piano.

isabel mendes ferreira disse...

oh Magnífica das Magníficas....

.....


.....


uffa....



__________________


beijooooooooooooooooo....desde as margens do Sena para as margens "daqui"...


obrigadaaaaaaaaaaaaaa.


(boa memória...aliás invejável)...


bisou.

e-ko disse...

ó não, Isabel, não foi uma chamada de atenção... é que quando vi imagem lembrei-me do estilo de um pintor que conheci em Paris, embora não conhecesse a tela da imagem, enconrei algumas reproduções num catálogo online há uns dois anos com os últimos trabalhos. mas vi ao vivo muitas telas dele, já há 17 anos, porque ele expôs algumas vezes numa galeria onde trabalhei algum tempo... e de repente, ao ver a imagem lembrei-me dele e já não me lembrava do nome.

era só para confirmar que ainda não era a alzeimer!

beijo e sorriso...

musqueteira disse...

...chegada aqui pela mão da isabel mendes ferreira, parei na voz de A.Scholl. é o que oiço na medida do bastante dos dias.Bom Ano.

Anónimo disse...

e pronto.


lastimo. lastimo o "incómodo".


.
.
.

até sempre.


.piano.