espaço virtual de experiências de criação livre de imagens e poesia
espace virtuel d'expériences de création libre d'images et de poésie
virtual space experiments creation free of images and poetry


quinta-feira, 2 de agosto de 2007

segredo do tempo que não chegou
às nossas palavras sem rumo
como areias fugindo-nos entre os dedos
na melhor das hipóteses

as auroras não voltam a bom porto
e o amor cintila nas vagas luarentas
teralmat

Sem comentários: